Agência Brasília informa que, em 2017, Metrô-DF investiu cinco vezes mais do que a média dos quatro anos anteriores

Estação Central do Metrô, Plano Piloto, Brasília, DF. Foto: Pedro Ventura/Agência Brasília

O volume de investimentos no sistema metroviário do Distrito Federal foi cinco vezes maior em 2017, comparando-se com a média dos últimos anos. De R$ 4,5 milhões anuais, em média, de 2013 a 2016, por exemplo, o número aumentou para R$ 22,2 milhões no ano passado. Os dados constam da execução orçamentária da Companhia do Metropolitano (Metrô-DF).
Mesmo diante do baixo número referente aos anos anteriores, das 100 mil viagens em 2017, apenas 0,081% tiveram falhas que provocaram atraso em mais de 15 minutos em horários de pico. De acordo com a empresa, isso é resultado de uma série de ações estratégicas adotadas desde 2015. Ainda segundo a companhia, de 2012 a 2015, os investimentos na manutenção e na operação do metrô ficaram abaixo de R$ 500 mil por ano.

Em 2017, diz o Metro-DF, foi possível reforçar os investimentos na melhoria dos equipamentos graças ao esforço do governo para regularizar a situação fiscal e organizar o gasto público.